Inicial » Ajuda do relacionamento cristão » Casamentos de crianças na Índia

Casamentos de crianças na Índia

104

O conceito de casamento na Índia passou por várias mudanças desde os tempos antigos até agora. Porém, o significado do casamento permanece mesmo que é amarrar os nós da noiva e do noivo para o tempo de vida. Como resultado de que eles são bind para apoiar uns aos outros em todos os altos e baixos da vida e torna-se inspiração de uns aos outros, para a realização de sucesso em seus respectivos campos de trabalho na vida. Mas, as formas e os tipos de casamentos que foram praticados na Índia antiga, de alguma forma, desapareceu com o desenvolvimento no tempo e a mudança na mentalidade dos índios.

De todas as atrocidades, feitas no nome de casamento, casamento de filho é considerado o mais hediondo acto, que foi praticado a crianças pequenas, apenas dar vida ao estúpido acredita possuído pelos índios nas idades anteriores. Casamentos de crianças na Índia, foi um ato muito prevalente, que costumava praticada no país, mesmo até o momento, quando o país se tornou independente. Isso significa que foi apenas alguns anos que o conceito de casamento infantil desapareceu do país. Desvaneceu-se, é o termo certo a usar, porque ainda existem algumas regiões ou vilas com versões anteriores do país, onde os casamentos de crianças são praticados ainda.

Casamentos de crianças na Índia, refere-se basicamente a dois tipos de práticas, uma é se casar com uma jovem e fazendo de uma noiva para um homem velho, onde é o segundo casamento do noivo, desse modo, estragando o futuro da criança pequena menina. Este conceito vem da velha crença indiana, onde o status das mulheres foi dado o nível dos pés do homem e seus sapatos, e ela era o elemento mais desrespeitado da sociedade. As mulheres sempre foram mais degradadas e o subestimado elemento da Índia antiga, onde ela sempre foi aquele que não tem o direito de colocar seu ponto de vista em frente a sociedade. A outra prática considerada sob o casamento do filho, é a fixação do casamento da menina e menino, alguns anos após a data de seu nascimento. O casamento dos filhos é feito, antes de atingir a idade de dezoito anos e tornar-se inteligente o suficiente para entender o significado do casamento. Casamentos de crianças na Índia, foi feito para ligar o menino e a menina em uma ligação e tirando o direito de casar-se de acordo com sua escolha deles.

A sociedade moderna, sem dúvida, fez os índios a alargar a sua abordagem para casamento e contribuiu para a abolição da lei de casamento infantil. Porém, o costume de casamento infantil na Índia, é muito antigo e desapareceu com a mudança dos tempos, mas ainda há muitas aldeias do país, que ainda seguem a prática do casamento infantil e fazem com que seus filhos se casar em uma idade muito precoce, não deixando nenhum espaço para a implementação de suas escolhas em seu casamento. Casamento infantil é uma forma um convite aos problemas para o futuro, porque no mundo de hoje depois de crescer, as crianças não acreditam nas cerimônias de casamento praticadas na infância, que se acreditava pela família da noiva, de alguma forma, estraga a vida da noiva, fazendo-a levar o divórcio em uma idade tão jovem.

Houve leis feitas, que proíbe a realização de casamentos de crianças, mas a aplicação das leis é uma prática rara nas aldeias da Índia, onde a lei é uma parte dessas práticas e de alguma forma, incentivá-los. Portanto, é nas mãos do homem comum para que não o povo do país violam as leis e estragar o futuro de seus filhos, tornando-os seguir os atos como casamentos de crianças.

0
0